I AMsterdam

DSC_0874

Hey Amsterdam, I’m here

Sabe aquela viagem que tu sempre sonhaste em fazer? Então, Amsterdam fazia parte de uma das minhas rotas aqui pela Europa. Bilhetes comprados, mala pronta e roteiro todo programado, hora de embarcar nesta aventura.

Sábado, 18.06, cheguei no hostel (Van Gogh Hostel) com meus dois flatmates, Fabi e Ricardo. Fizemos o check-in, deixamos nossas coisas no quarto e saímos para jantar. Nossa, que encanto de cidade. Cada ruazinha que você olha, parece cenário de novelas e filmes mesmo (não só parece, como foi né). Claro que também tem as coisas estranhas, por exemplo, tem mictórios masculinos no meio da rua e a cidade fede maconha (sim, aqui é legalizado).

No domingo, dia 19, acordamos cedinho, para poder colocar em prática toda nossa programação. Esperamos a Rafa chegar (minha outra flatmate) e fomos rumo à primeira parada: Van Gogh Museum.

WhatsApp-Image-20160621 (85)

Van Gogh Museum

Ficamos alguns minutos na fila e logo entramos. Nossa, que cenário maravilhoso. Havia uma exposição extra, de outros artistas. Como a arte me encanta. Claro que durante o passeio algumas pérolas foram ditas. A Fabi, que não curte muito essas coisas, olhou a exposição dos artistas que retratavam os bordeis e perguntou: – Van Gogh era safadão? Ela imaginou que os quadros eram do Vicent. Foi engraçado. Pude olhar cada pintura com um sentimento único. Como são lindas. Claro que não podia fotografar. Agora imagine o quão foi difícil isso para mim…

Saímos do museu e fomos para uma feirinha. Também tentamos fotografar no letreiro I AMsterdam, mas não rolou, porque era muita gente. O ruim dos pontos turísticos é justamente isso, você acredita que vai conseguir tirar fotos lindas, sozinha, e quando chega lá, é uma multidão com a mesma ideia que você.

DSC_1085

A realidade dos pontos turísticos

Terceira parada: Heineken Experience, a famosa fábrica de uma das cervejas mais vendidas do mundo. Confesso que me senti dentro da Fantástica Fábrica de Chocolate. É incrível. Toda a fábrica é interativa, com filmagens aparecendo do nada, jogos, demonstrações, festa, e muito mais.

Quarta parada: Redlight District. Aqui tanto a maconha como a prostituição são legalizadas e tem uma rua onde as meninas ficam em vitrines, se exibindo, para “chamar” clientes. Lá, você não pode fotografar (se os seguranças pegarem você fazendo isso, corre o risco da sua câmera ir parar dentro de um dos canais). Confesso que foi a parte mais engraçada da viagem, afinal, não é em qualquer lugar do mundo que você vê meninas em vitrines, dançando e se exibindo.

A segunda-feira (20.06) foi dia de acordar cedinho para o meu passeio mais esperado da viagem: Anne Frank Museum. Como eu não consegui comprar os ingressos pelo site (todos esgotados, disponíveis apenas para novembro), planejei chegar bem cedo para ser uma das primeiras da fila, o detalhe é que choveu o dia todo. Ao chegar, descobri que a venda de ingressos no museu só inicia às 15h30min, mas, por sorte do destino, uma das seguranças falou que haviam disponibilizado alguns ingressos no site. Eu e meus amigos olhamos e restavam apenas dois e somente para às 19h15min. Como o desejo maior de conhecer a casa era meu, meus amigos decidiram me deixar ir (sim, eu sempre tenho os melhores amigos do mundo). Para aproveitar o dia, enquanto o horário da visita não chegava, fomos para os moinhos em Zaanse Schans. Tomamos um banhão de chuva, mas valeu a pena, afinal o lugar é incrível. Voltamos para o hostel, dormimos um pouco e depois fomos no museu. Imagina se eu não iria chorar. Lembrar cada parágrafo do diário através das paredes em que ela se escondeu foi muito emocionante. Cada degrau que subi do famoso “Anexo Secreto” era como se eu estivesse revivendo as páginas do diário. Uma sensação sem igual. Se você não conhece a história de Anne Frank, aconselho ler o livro “O Diário de Anne Frank”. Posso dizer que eu realmente aproveitei cada segundo lá na casa.

WhatsApp-Image-20160621 (23)

Moinhos em Zaanse Schans

WhatsApp-Image-20160621 (25)

Anne Frank Museum – meu lugar favorito em Amsterdam

No meu roteiro, terça-feira (21.06), era o último dia em Amsterdam. Acordei um pouco mais tarde, tomei café e combinei com o pessoal de fazer o passeio, de barco, pelos canais da cidade. Fomos a pé até o ponto de partida do barco e é claro que eu tinha que ir bem atrás para poder enxergar e registrar tudo. Foi incrível e mais uma vez chorei. É emocionante ouvir a história da cidade e ao mesmo tempo relembrar a minha vida. Lembrar que estou realizando meu sonho de conhecer os lugares que sempre quis e viver todas as melhores experiências que eu poderia querer ou pedir a Deus. Também foi dia de passear pelas lojinhas e feirinhas da cidade e comprar as lembrancinhas para quem mais amo. Depois de tudo feito, hora de ir para o aeroporto, e é aí que vem a surpresa. Chegamos, com o check-in já feito pela internet ainda na quinta-feira, tento passar minha passagem pelo guichê de embarque e o que eu descubro? Sim, meu voo era só para o outro dia. É meus amigos, a desatenta aqui, não prestou atenção na hora de comprar a passagem, mas vou contar tudo na próxima matéria.

DSC_1394

Canais

DSC_1262

O encanto das moradias flutuantes

DSC_1388

Canais

DSC_1156

O encanto das lojinhas/feirinhas

 Ao final de tudo, posso dizer que Amsterdam é incrível, um lugar que eu viveria tranquilamente (quem não, né), mas confesso que saí de lá um pouco decepcionada. Imaginei encontrar campos e mais campos de tulipas e lavanda (mesmo sabendo que não estava na época), pessoas passeando de bicicleta entre as flores e os moinhos em dia de sol, assim como vemos nos cartões postais, filmes e novelas. Sim, eu sei, a culpa é minha, pois eu crio muita expectativa em cima das coisas. Mas, no fim, confesso que só os passeios na Casa de Anne Frank e pelos canais da cidade já fizeram toda viagem valer a pena. Um dia, quero refazer estes passeios, mas no verão.

DSC_0817

Parque em Amsterdam

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s